07
Set 08

Roberta AR- fotógrafaEu gosto de sábado, posso acordar tarde, enrolar na cama e fingir que estou sonhando com alguma coisa que quero muito. Só que a realidade não tira sábados de folga, isso me irrita. Por isso eu sai, como faço praticamente em todos fds desde que aprendi o caminho pra lugar nenhum. E esse lugar é só meu, é onde eu não sou filha, neta ou irmã. Sou eu, apenas caminhando e falando besteiras ou não com quem eu gosto.

E é uma sensação ótima de ser vista como Serena, a garota amável (que eu não me considero), doce (que eu não sei como ser) ou linda (ele usa óculos, por isso eu desculpo a mentira). Fui andando por um caminho que achei que era só curva, quando na verdade era encruzilhada. Me perdi e me encontrei, nos olhos mais estranhos e interessantes que jamais pensei que veria.

 

-Me dá um beijo??

-Não posso..

-Por que?? você gosta de mim, e eu..tbm gosto de você..

- Duas coisas podem acontecer...eu posso me apegar...

- Você já esta apegada...(eu pensei- Droga...ele tá certo!.)eu também estou..(pensei - Será?!?)

- E isso não é bom..

- Mas também não é ruim...

 

Cabeça no colo, por um momento eu quis fazer diferente e simplismente me entregar. Quando minha mão tocou no cabelo preto dele, eu quis ser a amável e carinhosa menina que ele acha que sou. De repente eu percebi que eu nunca fui assim,porque ninguém nunca me deixou ser, sempre mentiram pra mim, me usaram, ou simplismente me esqueceram (por que com ele seria diferente??) deu um aperto no peito, um nó na garganta, e a frieza do meu coração voltou.

 

- Sabia que a sua cabeça tá em cima do meu jogo??

 

Alguns sábados são esclarecedores, esse não foi um deles. E quando eu disse - Vou indo, você precisa descansar.- queria dizer : Não me pede pra ir embora porque eu quero ficar.

Só que a vida anda de marcha ré, e nessa eu sou um carro estacionado vendo o mundo dá voltas ao contrário.

Fui embora pensando em como as coisas mudam, os sentimentos se tranformam, as pessoas são instáveis e em como o tal do Destino tem um jeito estranho de brincar comigo.

Pensando em como a noite de Brasília é linda, e que falta me faz uma chuva.

Pensando que o amor tem mil e uma faces, e que a verdade é bem mais confusa que a mentira.

Pensando que eu precisava dizer que eu te amo, só que de uma maneira triste dizer isso pra você foi tão confuso e embaraçoso que me perdi, que nunca sei o que dizer quando estou perto de você, que pareço uma tonta tentando descobrir um pouquinho sobre a sua vida. E que definitivamente eu não sei como lidar com jogos da velha.

 

"A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida."

Vinicius de Moraes

 

Talvez tudo isso seja dramaticice da minha parte e um beijo seja só um beijo.

Mas só talvez, enquanto isso ainda é uma teoria eu prefiro acreditar que um beijo é um laço de união, uma troca de intimidade muito mais sentimental que física.

Algo além do talvez.

publicado por serenaatedemais às 14:37
Precisando de : apegada
Ouvindo: As time goes bye - Billie Holiday Vejam a tradução :)

2 comentários:
Só pra dizer que tem um comentario akie..
:D.. sim eu me amo, meu blog é muuuito bom..
na verdade el é ótimo!.
(nuss, quanta mentira, nem eu acreditei nisso --')
serenaatedemais a 8 de Setembro de 2008 às 00:43

Ê carência... ¬¬' Hsuahsuahsahsa ... Pô, magoa o jogo alheio não, moça. o.O
Ve a 10 de Setembro de 2008 às 00:38

Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
20

21
22
23
24
25
26

28
29


Frio de tão velho
Alguma coisa sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
blogs SAPO