24
Out 08

Tem coisas que acontecem sem porque.

Foi assim quando o  "conheci", suas palavras me encantaram, como nem Carlos Drummond conseguiu. E quanto mais eu lia, mas pensava "Esse cara num existe!." opiniões tão parecidas de duas pessoas que nunca tinham se visto antes.

Houveram coisas fáceis de descobrir :nome, orkut, novo blog, outras coisas com certeza difícies de entender.

E eu me preguei ao planeta Terra, porque não queria me decepcionar, idealizar muito ele seria pior, me preparei pra conhecer um cara machista, pegador, gay , o tipo de cara que só é inteligente, educado, politizado quando escreve.

Quanto mais eu lia, via e ouvia o carinha lá mas sentia que ele não era nada disso, que ele era legal, engraçado, desligado, e que éramos tão parecidos.

As vezes durante o dia eu me surpreendia pensando no carinha lá.

Medo de assumir um sentimento não permitido.

Apareceram oportunidades de conhecê-lo e eu me neguei, porque o medo de me decepcionar, ou descobrir uma paixão por um cara que tem um mundo tão diferente do meu (pra começar ele é homem e eu sou mulher rsrs..brincadeira --'). Tudo isso me assustou e me afastou dele.

Ate que chegou um dia que eu tinha que fazer isso, acabar logo com esse sentimento ou cultivá-lo. E eu tinha dúvidas sobre tudo que se pode ter quando se espera muito por alguém.

E quando eu o vi, tudo mudou. Porque o sorriso dele me transformou, dentro do coração bem fundo. Eu tive certeza que tudo daria certo. Porque com ele ali do meu lado, eu me senti com um lugar no mundo, encontrei aquela "alguma coisa que faça sentido" que todo mundo procura boa parte da vida e  depois desisti.

E eu tive certeza que o tempo cuidaria das coisas, e que não me importaria de esperar por ele.

Até que descobri que ele estava namorando..e isso me matou um pouquinho.

Até que eu descobri tambem que o amor consiste no querer bem.

E eu desejei o melhor pra ele, felicidade, amor, esperança. Tudo o que eu sei que ele merece como pessoa excepcional que ele é. E como homem digno que me pareceu.

É o amor é estranho, maravilhosamente estranho.

Tem coisas que acontecem sem porque.

Ele é isso na minha vida, fiquei durante um tempo tentando entender o porque de gostar dele, e logo dele que esta longe, que é mais velho, que enfins..tem tanta coisa que só afasta a gente. Mas entendi que tem coisas que acontecem, e ninguém pede pra que elas aconteçam. As vezes as coisas dão certo, outras errado, algumas nenhum dos dois.

Mas eu cansei desses porques, ele é meu amigo e isso me importa.

Me importa que ele seja feliz.

Me importa que eu o amo e isso não é ruim é apenas difícil de conciliar com amizade, e não impossível.

Me importa que eu não sei se esse sentimento vai embora, porque eu realmente não quero que ele vá.

Me importa que eu não sei o porque de como as coisas acontecem..

e pensando bem ..nem quero saber.

Tem coisas que todo mundo deveria aceitar sem perguntar Por que??

publicado por serenaatedemais às 00:58
Precisando de : Esperando ele..
Ouvindo: Pearl Jam - Love Reign O'er Me

19
Out 08

Uma vez a um tempo atrás escrevi que a primeria vez que ouvir falar de amor foi quando minha mãe disse e eu pedi pra que me explica-sse o que era.

Na verdade eu estava errada e fico feliz em dizer isso, as vezes precisamos assumir nossos erros pra aprender que esta sempre certo é um saco.

E eu estava errada porque o amor nasce conosco, esta dentro de nós, e no começo ele é o mais bonito que poderia ser. Ele é puro, intenso, inocente, e você nem liga se fica pensando o tempo todo na pessoa que ama, não existem regras pra se amar ou não alguém.

Você apenas gosta do sorriso da sua mãe, do cheiro do seu irmão, do seu pai mexendo no seu cabelo.

É mais fácil porque você pode dizer "eu te amo" sem ser interpretado como início de um relacionamento longo, doloroso e com final provavelmente trágico.

Por que eu te amo é perigoso??

Era pra ser simples, como qualquer palavra deveria ser dita com verdade, mas hoje..eu duvido disso. Duvido que seja só uma palavra como qualquer outra.

Nenhum dicionário define :

 

Amor : Doença possivelmente contagiosa, causa tonturas, enjôos, talvez febre, vômito, taquicardia e afins.

Amor : Sininhos tocam, pernas bambas, olhos brilhando, e isso não é um trem vindo em sua direção.

Amor : Idiotice, sonho, algo que os loucos definem como possível depois de voar sobre penhasco sem equipamento apropriado  e andar de cabeça pra baixo numa nuvem. Um mito como água limpa no Rio Tietê ou crocodilos no esgoto de New York.

Na verdade eu não procurei no dicionário --'. Mas se eu fosse definir...

 

Amor :Palavra perigosamente eficaz na cura contra solidão, dor, e descrença. Causa felicidade, esperança, possível mudança interior quando verdadeiro. Contra indicado no caso de atração sexual animal (hauhauah não resisti). Efeito colateral : insensatez, paixão, fé, desejo, insônia, falta de apetite.

 

Pra mim o amor só pode ser difinido como remédio, exige um bula, que infelizmente pouca gente lê. Quem lê não costuma ligar muito pra contra indicação ou efeitos colaterais.

Eu não sei porque e existe, ou quem inventou, ou porque ficamos tão diferentes quando amamos..

Só tem uma coisa que eu sei sobre o amor, é que ele é bom, tem o poder de te deixar feliz, dá forças pra mudar, seguir em frente, começar um sonho, essas coisas. E se não faz bem a quem sente, ou ao objeto desse sentimento pode ser qualquer coisa menos isso. Talvez seja paixão, admiração, atração sexual animal (hauhauhauh não resisti de novo --').

O amor muda tudo. E tudo é sobre amor, em excesso ou ausência.

Deus é amor. Isso me assusta, saber que algo tão bom e poderoso esta solto no mundo, pros bons e pros maus, pra patys e pra roqueiras, mauricinhos e emos..pra quem queira ser feliz e fazer alguém feliz.


" O amor é paciente, é prestativo,
não é invejoso,
não se ostenta...
não busca seu proprio interesse,
não se alegra com injustiça mas se regozija com verdade,
não se irrita, não guarda rancor,"


E sabe porque eu também disse que o amor é perigoso, porque dizer "Eu te amo" é se arriscar a ouvir um "Não, "desculpe, não dá!"  "não sinto o mesmo"  e essas coisas.

Tem que querer ser o seu melhor, querer ser realmente bom e digno desse sentimento, querer ter um pra sempre pra dizer isso.

Eu confesso que teve um pessoa pra quem eu disse isso, e sabe..eu nem pude olhá-lo nos olhos, tocá-lo ou demonstrar o que sentia.

Porque Eu te amo se diz com o corpo, com a alma, e com a mente, e se os três não estiverem juntos, preparados pra se jogar de um prédio de 20 andares no escuro, então não vale a pena.

Você pode acreditar no que eu escrevi, fingir que não gosta de ninguém e esta bem desse jeito, continuar pegando ou namorando alguém que não quer só pra não ficar só, gostar de um pessoa e guardar em segredo, contar a ela e levar um fora.

Seja qual caminho escolher, acredite nele.

No fim da sua vida, que pode ser daqui a cinco segundos ou não, só se tratava do quanto acreditou em si mesmo.


P.S:. Aceitei a Jesus numa igreja, e acho que isso não me define como membro de uma religião específica, apenas como de Jesus (o que eu já era antes de aceitá-lo oficialmente). De repente vejo um monte de parente sumido, e tenho conversas a muito adiadas, e sinto uma vontade subita de dizer a quem eu amo..enfim..que o amo!. --'

acho que vou morrer e como isso esta me angustiando um bocado, precisava dizer a seja lá quem for vc, que perdeu talvez seus últimos segundos de vida lendo um texto desse tamanho: Obrigado por acreditar em mim, por ler meu blog que é uma expansão da minha mente insana, por fazer parte da minha vida, por estar comigo em momentos tão estranhos e sem-graças (o Arthur vai me matar quando ve os erros ortográficos, daí vem minha intuição rsrs --').

Enfin..o mais difícil vem aí... Eu te amo por ser quem é. e acredito em vc. porque tenho essa necessidade de acreditar em alguma coisa..e talvez seja menos doloroso que seja em vc.

publicado por serenaatedemais às 23:25
Precisando de : amando e acreditando em algo..
Ouvindo: Closer - Travis

16
Out 08

Quando tudo vai rápido demais (ou devagar), quando as coisas acontecem sem que se dê conta dos motivos, quando as pessoas que você ama se vão, quando a luta parece extremamente difícil, ou o caminho longo demais e você não sabe pra onde ir (sim pra mim, parece óbvio que tenhamos que ir pra algum lugar.) Eu sei bem o que tenho que fazer.

Me trancar em 7 chaves e me afastar do mundo. Do que me faz mal e todo resto.

E se você acha que isso é fugir...Ponto pra você! esta certo. Fujo, porque já estou cansada de lutar, de me opor , de tentar quando tudo parece estar no lugar errado. Por isso me calo, guardo os punhos, abaixo a cabeça e cantarolo alguma musica medíocre que não faça me sentir tão mal por deixar o campo de batalha antes da guerra.

E em minha clausúla tento compreender o porque de toda essa bagunça, o que posso fazer por mim, ou por quem amo, em como não magoar quem aprecio, o que posso aprender com isso. Se devo mudar. Entre outras questões menos poéticas e mais práticas.

Enquanto o pau quebra do lado de fora , eu só tenho a vontade de encontrar um ponto de equilibrio, nessa  busca por serenidade (sem piadinhas!) descobri uma verdade inconveniente.

A verdade é que ser dramática, carente, paranóica e chata não tem me ajudado muito, aliais acho que estavam certos quando me falaram que eu afasto todos que me são caros, e eu não gostaria de ser assim.

Não gostaria, mas sou.

E apesar de ter quebrado a cara várias vezes não sei se quero, consigo, ou posso mudar.

Tive algumas decepções por estes tempos e não consegui enteder se a maior foi comigo ou com os outros.

Eu gosto da palavra 'talvez" mas não das circunstâncias, fiquei presa ao talvez e me esqueci que a vida é feita de ação e não de palavras, que elas são os pilares de apoio para pontes que são construídas com atos. Tenho que parar com essa mania de rabiscar o livro da vida das outras pessoas, parar de me fazer de Portinari, eu não posso pintar os momentos alheios. Tenho que parar de fingir que só as palavras comovem, ajudam, instigam e amam. Porque o verbo beijar é menos doce que o ato.

 Não se prenda a correções gramaticais, erros de concordância, só se vive uma vez.

Estou cansada de viver no singular, e não sei se no plural tem espaço pra mim.

 

P.S:. Desculpem ter me afastado tanto do blog, sinto ter deixado meus 6 leitores sem ter o que ler. serei mais dedicada. tentarei ao menos. Amei essa guria ( Sokolinski - Soko uma cantora francesa muito louquinha que canta num enrolês pior que o meu), e adorei a musica, do jeito que estou.. acreditem, I'll Kill Her...a incerteza.

I'll Kill Her

Soko

Composição: Indisponível

So of course, you were supposed to call me tonight,
You were supposed to call me tonight,
We'd have gone to the cinema,
And afterwards the restaurant,
The one you like in your street.

We'd have slept together,
Had a nice breakfast together,
And then a walk in the park together,
How beautiful it would have been.

You would have said: "I love you,"
In the cutest place on earth,
Where some little vines are dancing with the fairies.

I would have waited like a week or two,
But you never tried to reach me, no,
You never called me back.

You were dating that bleached blonde girl,
If I find her, I swear...

I swear I'll kill her,
I'll kill her,
She stole my future, she broke my dream,
I'll kill her, I'll kill her,
She stole my future when she took you away.

I would have met your friends,
We would have had a drink or two,
They would have liked me cause,
Sometimes I'm funny.
I would have met your dad,
I would have met your mum, she'd have said:
"Please, can't you make some beautiful babies".
So we would have had a boy called Tom,
And a girl called Susan, born in Japan.

I thought it was a love story,
But you don't want to get involved.
I thought it was a love story,
But you're not ready for that,
Me neither.

I'll kill her,
She stole my future, she broke my dream,
I'll kill her, I'll kill her,
She stole my future when she took you away.

She's a bitch, you know.
All she's got is blondeness,
Not even tenderness, yeah.
She's cleverless.
She'll dump your ass for a model called Brendan,
He will pay for a beautiful surgery,
'Cause he's full of money.

I would have waited like a week or two,
But you never tried to reach me, no,
You never called me back.

You were dating that bleached blonde girl,
And if I find her, I swear,
You know, I swear.

I'll kill her, I'll kill her,
She stole my future, she broke my dream,
I'll kill her, I'll kill her,
She stole my future when she took you away.

Man, I told you.
You know, if I find her...
I, really...
I mean, I'll kill her, for real.
Thats for sure, you have to know.
I mean, you know...
I can do it.
Man, I'll kill her.

 

 

 

publicado por serenaatedemais às 02:24
Precisando de : singular
Ouvindo: Soko - I'll kill her

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
17
18

20
21
22
23
25

26
27
28
29
30
31


subscrever feeds
Frio de tão velho
Alguma coisa sobre mim

ver perfil

seguir perfil

6 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO